quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Oscar 2013 - #6

*Imagens: reprodução

Mais looks...

Jane Fonda: Bye, Zona de Conforto! Jane arriscou: vestido amarelo vibrante, mangas compridas, decote, cintura marcada. Linda, 75 anos, chique elegante, causou inveja em muita menininha! Um espetáculo! Formol é pouco! Quero a receita!


Norah Jones: Deusa grega! Adorei Norah e seu vestido grafite que brinca com as linhas e brilho. Achei o cabelo fofo! Parecia uma bonequinha! Norah, me encantas! Estou totalmente apaixonada pelo teu último trabalho, em especial por "Miriam"... *.*


Anne Hathaway: Anne veste Prada! (Sorry, não resisti!) Reza a lenda que o vestido foi eleito apenas três horas antes da premiação, pois, o originalmente escolhido era parecidíssimo com o da Amanda Seyfried. Um vestido rosa bebê, delicado, simples, caimento perfeito. Impecável? Sim! Mas, claro que se esperava mais. Ainda teve o estresse da costura no busto que fazia parecer que a moça estava ~de faróis acesos~. Sambou com um colar Tiffany-sonho-de-consumo virado para trás, que eu não curti muito, achei que o vestido era muito alto para um colar... Trocaria por brincões. Maquiagem neutra com batom rosa e delineado rente aos cílios. Puro glamour e elegância, só não tinha drama suficiente para o Tapete Vermelho!


Charlize Theron: Drama queen! Branca de Neve chora no cantinho! Charlize estava maravilhosa provando que "menos é mais". Branco! Corpete tomara-que-caia estruturado, decote V e peplum. Saia longa com cauda. Um luxo só! O cabelo curto só a realçou o seu brilho. Pele iluminada, maquiagem clarinha. Minimalista, sexy, elegante... Deusa absoluta!


Acharam que Jane ahazou? E a Norinhah? E Anne e Charlize no estilo minimalista?

Beijim, 

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Oscar 2013 - #5


*Imagens: reprodução

Mais looks...

Helena Bonham Carter: Bellatrix Lestrange é você? Visual único e fidelidade! Se não for assim, não é Helena! Vestido P&B com direito a um efeito degradê. Continuo achando Helena coerente mantendo sua personalidade. Não curto muito suas escolhas, mas, admiro seu estilo. Peculiar!


Catherine Zeta-Jones: Sereia metalizada! Partilha um pouco desse formol com a gente, ~gatã~! Tem nem graça comentar a pessoa que vai com vestido ~a cara da riqueza~ e maquiagem ~acordo assim mesmo, naturalmente~. Choro no cantinho de recalque. =~ Puro glamour! Diva! 


Jennifer Hudson: Hum... Esse é outro caso que não sei se gosto do vestido. Acho que me sentiria deusa metalizada nele, porém, vendo em outra pessoa, parece-me a representação de um casco de tartaruga. #prontofalei. Desculpaê. Também não rolou amor pelo cabelo. E, olha que curto um lisão, mas... era peruca, gente? O sapato (o pé do defunto era maior, titia shame?) e a clutch destoaram, melhor ter escolhido algo em outra cor ou no tom exato. Não rolou colega! 


Melissa McCarthy: OMG, Sookie! Você não foi nem um pouco feliz na sua escolha... O comprimento, os drapeados e o que era aquela fenda preta??? E quanto o cabelo, inspirado em Bridget Jones andando de conversível com Daniel Cleaver, só tenho uma explicação: Melissa deve ter se olhado no espelho e odiado como o vestido ficou. Aí resolveu dividir as atenções. "Talvez se o cabelo estiver mais chamativo que o vestido, consigo dividir opiniões e não ser a 'Mais mal vestida' do Fashion Police!" Melhor escolha na próxima, Mel!


Se surpreenderam com Helena? E Catherine-dorme-no-formol? Curtiram Jennifer? E o que acharam da escolha de Melissa?

Beijim, 

Oscar 2013 - #4


*Imagens: reprodução

E lá vamos nós!                  

Amanda Seyfried: Angelical! Falem o que quiser, acho lindas as branquinhas usando esses tons. Detesto essa mania que o povo tem de restringir as cores para as pessoas. =/ Amanda fugiu do tomara-que-caia e usou este longo frente única com bordados. Adorei a silhueta! Ficou tão feminina! Gostei da make suave e o coque bagunçadinho. Simples e discreta, mas, deslumbrante!


Sally Field: Ousada! Sally pegou o vestido que a Riri usou no Grammy, deu uma repaginada e ficou mara! Adoro vermelho e, esse caiu muito bem para ela. Mangas compridas, drapeado, talvez, eu dispensasse os babados na saia, mas, ~tarra~ elegante!


Olivia Munn: No mínimo, interessante! Tomara-que-caia vermelho intenso(?) com detalhes em dourado. A cara do Oscar! Mas, essa saia... Tenho a impressão que ela foi atender a porta enrolada num lençol. Na maquiagem, o combo coringa, que sempre funciona (e amamos): delineador de gatinho + batom vermelho. Acho que gostei... Estou em dúvida ainda!


Alicia Vikander: Curti! Achei fofo mesmo! Lembrei muito do vestido da Nicole Richie no GG. Longo, mangas compridas. azul. Cai de amores pelo bordado! Só não entendi qual era do cintinho... =P 


E vocês? Acharam Amanda apagadinha? E os vermelhos de Sally e Olivia? O cinto de Alicia colou?

Beijim,


Oscar 2013 - #3


*Imagens: reprodução


Mais um? Sim!!

Reese Witherspoon: Adorável e eterna ~Sereia~ Elle Woods! Reese teve baby a pouco e está muito bem obrigada! O seu corpo mostra que ainda existe atriz "normal" no mundo e que está voltando à antiga forma num prazo razoável. Amém! Adorei a cor e os detalhes do vestido, porém, acho que o tecido não ornou... Ficou armado em áreas impróprias, como a região abdominal e o caimento da cauda. Make discreto. Cabelo espetacular!


Zoe Saldana: Degradê! Adorei o contraste da pele com a cor do vestido, mas, acho que o modelo tinha muita informação: degradê na cauda + cinto + flores no decote... Honestamente, dispensaria as flores e cinto.


Kerry Washington: Bom gosto! Achei o vestido simples e bonito. A cor é linda e realçou o tom da pele de Kerry. Só o cabelo que, ao menos para mim, deixou muito a desejar...


Jennifer Lawrence: Divina! O tomara-que-caia texturizado foi uma aposta segura e tinha cara de Oscar. É isso que a gente curte em Red Carpet: pompa! Jóias discretas e diferentes. Nada menos que sambou com o colar com caimento nas costas! Amei! Penteado divo e make sutil! Tombo? Queda? Nem isso apagou seu brilho! Ainda mais se pensarmos que os cavalheiros que correram para socorrê-la, foram, nada mais, nada menos, que: Bradley Cooper & Hugh Jackman!! Malzaê! Beijo no ombro! Ahazou, princesa!


O que acharam da silhueta de Reese? E o vestido de Zoe: muitos detalhes? O de Kerry: detalhes de menos? E Jennifer? É a nova queridinha?

Beijim,

kmi

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Oscar 2013 - #2


*Imagens: reprodução


Continuando...

Jessica Chastain: Sofisticada, clássica e exclusiva! Superando as expectativas, Jessica evidenciou suas curvas num tomara-que-caia nude, bordado discretamente em pedraria e para lá de chique. A cor do vestido, ao invés de desastre esperado, combinou perfeitamente com a pele e o cabelo da atriz. Poucas jóias misturando o dourado e o prata, unhas também douradas, cabelo digno e elegante. Jessica, ainda, sambou com seu batom carmim. É isso que se espera de um Red Carpet! *.* Cinco estrelas! Estava Jessica Rabbit, estava "Happy Birthday, Mr. President"! Estava hollywoodiana, estava diva!


Samantha Barks: Básico é pouco! Corte simples e elegante, decotão, mas... ~hellow!!~ O Oscar é glamour! Então, deixa longo-pretinho-clássico-sem-sal para outra ocasião, ~colegue~, e, se joga nas cores, no brilho, sei lá, inova! E essa mão no bolso(?) all time? Preguizzzzzzzzzz...


Amy Adams: Princesa! Aliás, uma das únicas dessa edição. O vestido de Amy foi inspirado no clássico da Disney Cinderela. Achei meigo! Tomara-que-caia cinza pálido, cor que combinou com sua pele e seus olhos, cintura marcada, delicados bordados, camadas e mais camadas de tule. Jóias, maquiagem e cabelos perfeitos. Impecável! "Uma nuvem!" Um sonho!


Gêmeos perdidos? Paulina & Paola? Achei que esse modelo lembra o que a Penelope Cruz usou no Oscar de 2007...


O que acharam dos modelos dessa rodada? Jessica arrasou? E Samantha, muito simples ou na medida? E os vestidos de Amy e Penelope?

Beijim, 


Oscar 2013 - #1

*Imagens: reprodução


Aha-uhu o Oscar é nosso!

Claro que eu não resisti e corri para gente comentar a galera! Atrasado, mãs... Não comecei ontem por motivos de: rinite master + toupeirice de enfiar a mão nos olhos com hidratante. Apenas ~gênia~!

Um milhão de posts sobre Oscar? Sim ou Com certeza? ~Bora~ começar!

Brandi Glanville: Coelhinhas de Playboy, morram de inveja! Brandi fez a exposição da figura no Red Carpet. Várias teorias para esse vestido. A mais diver, já que o modelo é da grife de Brandi, é que foi idealizado para uma ~amiga~ baixinha e que ela pegou emprestado!! =P Maldades a parte, acredito que o peso da cauda tenha feito a vontade do ~tomara-que-caia~ ficar a uns centímetros de se realizar... Apesar do corpo invejável, o deslize literal do vestido, fez com que um modelo simples e bonito mostrasse demais, sem necessidade, e se tornasse vulgar. Uma pena! Ainda mais que cabelo e make estavam lindos! Ousadia desastrosa!


Kelly Osbourne: Luminosa! Vestido lindo! Amei essa "brincadeira" com as listras e o brilho, já que, na horizontal, o brilho aumenta a silhueta, enquanto na vertical, diminui. O resultado foi harmônico! E, quanto ao cabelo... eu o adoro! Ainda mais com o charminho do grampo preto! =) Kellynha é muito amor!


Kristin Chenoweth: Sereia cantora! E quem não lembra de Kristin como Carlene Cockburn em GCB? Era divertidíssima! Saia rodada e volumosa, bordados e pedras. Muy elegante!


Kelly Rowland: Bicolor! Assimetria, fenda, P&B, muita informação, muitos detalhes... As cores estão bem posicionadas, o preto disfarçando o quadril e o branco chamando a atenção instantaneamente. Eu preferia um desenho mais limpo... Faltou sintonia!


E vocês? O que acharam da cerimônia do Oscar? E dos premiados? E as ~mocinhas~ acima?

Beijim,

kmi

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Férias Oficiais!

Olá, ~Sereias & Sereios~:

~Comunicado Oficial~: hehehe

Estou no Sul, estou de férias pelas próximas semanas. Estou na praia. Estou vida boa. (Graças a Deus!)

Isso quer dizer que, a menos que um colaborador resolva aparecer (oi?), os posts não serão regulares nesse período. Acredito eu. 

Também acredito que volto, ao menos, para comentarmos os looks do Oscar e/ou se aparecer algo baphônico para nós! Tudo dependerá das possibilidades de acesso a internet! *.* Porém, como a ideia é muita sombra, água fresca e mar... Porque né? Ao menos uma vez por ano, merecemos um tempo para nós! =)

Ah, geralmente, nesse período de férias, perturbo bem mais pelo Brócolis! =P

Até breve!!

E, não esqueçam:

Todas podem ser Sereias!! ;)

Fonte:Space Ghost Zombie (Postado no FB do Sereias pela doce Guiga <3)
Beijim, 

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô!

Não sou fã de Carnaval. Nunca fui. Mas, adoro o Feriado de Carnaval! 4 dias e meio de folga? \o/

E, sou apaixonada/fanática/vidrada em cores, laços, fitas e fantasias!

Porém, esse ano... 

Seguinte, todo ano, aqui na Praça da Benedito tem Carnaval de rua. Esse ano, não foi diferente.

Na segunda a noite, quando voltava, tranquilamente, de mais um #vaigordinha noturno, deparei-me com essa Teodoro:

Meu insta: @kmioliveira
Fecharam a Teodoro! 

Teodoro abarrotada de foliões! Gente com/sem fantasias, muitos acessórios, muitas cores, muita criatividade...

Claro que fui dar "um confere" na folia. Mas, não sem antes passar em casa... ;)

Inspirada no meu desenho, juntei chapéu, suspensório e sombrinha, e... temos uma fantasia improvisada! *.*


Siiiiiiiim! Temos uma ~droog~ com muito ~moloko~! (Infame, eu sei!)

Claro que estamos falando de "Laranja Mecânica"!

Caso, nunca tenha lido/assistido, eis um resuminho da obra: Resenha deixamos pra outra hora...
O livro foi lançado em 1962 pelo escritor Anthony Burgess e tornou-se um clássico do cinema em 1971, sob direção de Stanley Kubrick. Uma obra marcante, aclamado como uma película atemporal, e, com tema totalmente contemporâneo. 
Somos levados a uma Londres futurista e decadente, cheia de gangues e violência. O narrador/protagonista, Alex, líder de uma gangue, cai nas mãos da polícia. Alex é um adolescente inteligente que admira violência, sexo, drogas e música clássica, principalmente Beethoven. Para sair da prisão, Alex aceita ser cobaia numa experiência chamada "Método Ludovico", criada pelo governo para refrear os delinquentes. Quando volta às ruas, pós tratamento, passa a sofrer com os que, anteriormente, eram suas vítimas. Um enredo original e brilhante, que, acaba por inverter o pré-julgamento que fazemos em relação a Alex. 
Para completar o vocabulário dos personagens, o escritor criou, ainda, uma linguagem ritmada e rimada, que mistura inglês, russo e língua cigana, o "Nadsat". ~Horrorshow~!

Vamos ao resultado?






E vocês? Curtem Carnaval de rua? E fantasia? Gostariam de usar/Usaram qual? O que acharam da minha inspiração no "Laranja ~Sereia~ Mecânica"?

Beijim,

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Bafta 2013: (minhas) top 5!


*Imagens: reprodução

Além do Grammy, no domingo, também aconteceu o Bafta, a segunda mais importante premiação do cinema. Praticamente, um Oscar da terra da Rainha... Hollywood baixou em Londres com alta costura, jóias e ousadia!

5. Marion Cotillard: Excêntrica! Marion liderou os looks coloridos com um ousado amarelo. Cor e transparência. Podia jurar que esse vestido, ou, ao menos a transparência dele, foi inspirada no incidente com o vestido de Jennifer Lawrence no SAG. Cabelos ondulados e batom vermelho. Musa!


4. Jennifer Lawrence: Não ganhou meu coração, porém, chegou causando! Não que o vestido fosse essa beleza toda, mas, pelo fato de chegar com um maxipaletó por cima do seu look. O vestido era um tomara-que-caia branco com aplicações em paetês que faziam uma espécie de degradê. Tava meiga, entretanto... um pouco sem graça até.. e o cabelo não ajudou muito. Estava sóbria e bonita, todavia, ainda aguardo o ~momento Jennifer~. Quem sabe no Oscar? (E ganha duas fotos por causa do maxipaletó.)



3. Anne Hathaway: Feminina! Aproveitando o corte de cabelo! Vestido preto com aplicações metálicas, de cintura alta marcada que valorizou a silhueta da atriz. Look sofisticado e simples, maquiagem bonita. Rycah e elegante!


2. Jessica Chastain: No caminho certo! Um vestido azul vibrante e elétrico, estruturado, simples, de um ombro só e corpete assimétrico. A cor combinou perfeitamente com seu tom de pele e encaixou lindamente com a cor dos cabelos da atriz. O vestido, além de valorizar sua silhueta, a destacou das demais. Cabelo ondulado, delineador preto e batom vermelho. Fantástica e elegante! Espero vê-la musa no Oscar!


1. Amy Adams: Imponente! Sou só elogios para Amy... Vestido deslumbrante, preto, rendado com transparência e fenda poderosa. Coque donut fofinho e brincos com pedras coloridas. Chique e dramática, arrasou, colega! (E merece duas fotos porque a segunda está diva demóóóis!)



*Bônus:

Claro que sim!

Helen Mirren: Deslumbrante! Erro ou não, fiquei fascinada/apaixonada por seu cabelo:


E vocês? Quais suas escolhidas? E o bônus? Curtem cabelo colorido ou não?

Beijim, 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Grammy 2013: (o meu) Top 5!


*Imagens: Reprodução

Domingo aconteceu a cerimônia do Grammy. Apesar de todo burburinho que houve com o ~comunicado/dress code~ solicitado pela CBS, vetando "extravagâncias", o evento voltou a ser repleto de sensualidade. Pena que a irreverência de antigamente foi posta de lado...

De tudo que eu vi, nesta premiação, escolhi 5 modelitos:

5. Kelly Osbourne: É muito amor por Kellynha, né, gente? Ela não estava a diva master de sempre, porém, está entre as 5! \o/ Um modelo simpático, preto, recortes laterais, diria que, até, um tanto difícil, mas, Kelly, que dificilmente erra, se saiu muito bem. Impecável e minimalista. O cabelo não foi puro amor, mas, deixei passar por causa da modelagem do vestido. =P E quero nem comentar essa história de ~gordurinhas~, purfa!


4. Carrie Underwood: Bonitona! Olhos marcados, make elegante. O vestido escolhido tinha muita  transparência e textura. O caimento foi perfeito e o colar bapho. Harmonia total!


3. Taylor Swift: Tô pagando a língua com Taylor, viu? Das vezes que ela apareceu por aqui, essa foi a que mais gostei. Honestamente! Estava mais "ela", sem forçar tanto o "tenho que ser sexy/mulherão". Vestido etéreo, esvoaçante, com um ar grego e recortes. O penteado? Meio ~de volta para minha terra~, neam? Achei sonolento... malzaê! NEXT!


2. Kelly Rowland: Sambou no normativo da CBS! Absoluta! Vestido lindo, sofisticado, sexy na medida (passando longe do periguetismo), todo trabalhado nos recortes. Ousada e maravilhosa!


1. Rihanna: Abram alas para Riri! Deslumbrante! Look, cabelo e make poderosos! Vestido vaporoso, transparência no lugar certo, vermelho e cauda. Adorei! Foi rainha! A Musa de Barbados ahazou! (Merece duas fotos! =P)



*Bônus: 

Como eu tenho um pequeno problema com limites e números, lancei um bônus para gente! rs

Kaley Cuoco: Kaley estava encantadora! Depois da meleca que foi o SAG. De acordo para o evento? Não! Mas, ~pípol~, olha essa roupa! Esse blazer, essa calça, o conjunto da obra foi amor puro, amor verdadeiro! Rock 'n' roll na veia! \m/


Gostaram do meu top 5? E o bônus da vez?

Beijim,

kmi

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Marinho, Xangai & Marshmallow de Alfazema!

Tenho que confessar: fiz as unhas hoje e errei tão pouquinho que me senti um ~às dos esmaltes~... quase profissa! Aí, resolvi voltar aos primórdios do blog e ressuscitar a tag Esmalte! =D

Apesar de ter adquirido uns vidrinhos recentemente, quando abri o armário, foi o Marinho quem piscou para mim. *.*

O Marinho é um dos esmaltes que mora no meu coração. Azul escuro (pelo nome fica meio óbvio, dããã), cremoso com microbrilhinhos fofos, quase imperceptíveis! Fácil de passar e limpar, duas camadinhas e pronto! Entretanto, como não tinha certeza se a quantidade do vidrinho seria suficientes para as dez unhas, dei uma inovadinha, o que eu raramente faço, mas, estou curtindo bastante o resultado:


Sorry, pessoas! Faltou coordenação para mostrar os cinco dedos mais os três vidrinho de esmaltes... =/

Então, no anelar, eu usei duas camadas de Marinho - da Colorama - e uma de Xangai, da Hits. Brilhos para o Carnaval! 

O Xangai tem base transparente e mistura glitter nas cores lilás, azul e prata, além dos hexagonais em prata e azul. Uma graça! Na verdade, quando comprei, estava procurando pelo Suspiro da coleção MariMoon, mas, não tinha. Como achei o Xangai parecido... Ah! Vale lembrar que os esmaltes dessa coleção "Glitter's World" são 3Free! =)

Nas outras unhas, usei o Marshmallow de Alfazema, da Risqué. Adorei a cor! É um lilás azulado, super meigo e delicado. Confesso que fiquei com medo na primeira mão, porque deu a impressão de que ficaria manchado. Alarme falso! A segunda fechou que foi uma beleza!

Gostaram das cores? E da mistura? Acharam um boa ideia ~ressuscitar~ a tag ou é melhor deixá-la adormecida?

Beijim, 

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Férias + Carnaval!!

Gente, finalmente, estou de férias! weeeeeeee

Com a ideia de arrumar um segundo job/estágio, nessa fase que me encontro de tentar entender eu mesma, e ver, se, de uma vez por todas, descubro o que eu ~quero ser quando crescer~, fiquei pensando no que poderia fazer... Fui dar uma voltinha na Benedito Calixto, que, btw, fechou a Teodoro, e, tive um ~mini~ estalo: Fantasias!
Eu adoro/amo/sou fantasias!

É sério? É fogo de palha? Não sei!

Mas, nessa empolgação de ter desenterrado o giz de cera, (o Brócolis! que não me deixa mentir), corri para casa e saiu essa ~arte~ que compartilho com vocês:


Uma ~Laranja-Sereia-Mêcanica~!!

Ah, se você tiver uma vaga legal aí, chama eu!! #xuxaverdefeelings

Bom Carnaval, 
Ótimo Feriadão,
Beijim,


domingo, 3 de fevereiro de 2013

Apenas... Barbara!

Tenho uma quedinha pela Alemanha, fato. E, desde que eu li a sinopse, eu quis assistir:

Imagem: reprodução
Barbara (Barbara -2012)
Diretor: Christian Petzold
Com: Nina Hoss, Ronald Zehrfeld, Jasna Fritzi Bauer, Mark Waschke, Jannik Schümann.

Verão de 1980. Alemanha dividida. Barbara (Nina Hoss) é uma cirurgiã pediátrica berlinense. Após ter o pedido de visto negado, tem como punição por ter tentado sair do lado oriental do país, a transferência para uma clínica no interior, em um vilarejo isolado. Enquanto, seu amante/namorado prepara sua fuga, Barbara desperta a simpatia do chefe do hospital, André (Ronald Zehrfeld). Um amigo ou mais um espião?

Um drama sóbrio, que retrata o lado comunista do país, nove anos antes da queda do Muro de Berlim.

Não somos devidamente apresentados à apática Barbara. Aliás. se não tivesse lido a sinopse, teria ficado perdida e, talvez, até mesmo, não conseguisse gostar do filme. 

O filme vai se desvendando aos poucos, de forma tranquila. São poucas as referências históricas, apesar de se tratar de uma das mais importantes passagens da história européia. Não existem discussões acerca do tema, mas sim, da protagonista, por isso, muita coisa fica subentendida. 

O semblante da médica estampa o clima opressor no qual vive, as contantes revistas, inspeções, a sensação de ser vigiada o tempo todo. Mas, será que isso é suficiente para que ela desista de deixar aquele lugar? Difícil dizer, pois, Barbara guarda segredos de todos, inclusive de nós, público. Faltam-nos tantas peças quanto aos personagens, não se pode confiar em ninguém. 

Um filme inteligente e perverso, plano, cronológico, que mesmo sem cenas arrebatadoras, ou até mesmo, um clímax, não perde o ritmo. O diretor trabalha conosco, platéia, a sugestão: insinua continuamente imagens, sem nos mostrar nada, apela para o nosso imaginário a respeito da Guerra Fria, indica a vigilância permanente, uma vida tensa e alarmada. O silêncio surpreendente e o suspense latente faz com que alguns o adorem (eu! eu! chama eu!) e outros detestem.

Elenco carismático e competente. Diretor que sabe o que está fazendo. Personagens melancólicos em um universo acizentado. Roteiro, escrito pelo também diretor Petzold, traz diálogos rápidos que, pouco a pouco, nos prendem, deixando a trama mais instigante. Nina Hoss, como personagem-título, tem uma energia fascinante, sua instropectiva e silenciosa Barbara, dona de uma aridez pertencente apenas aos escaldados, nos faz torcer por ela, mesmo sem termos ideia do segredo que guarda.  

Ninguém é vilão. Ninguém é mocinho. O mistério sobre a amizade entre Barbara e André, nos deixam, a cada cena, mais interessados. André é fabuloso, dá ritmo, cor e até um comedido humor, tirando a monotonia do enredo.

Sem falar das paisagens alemãs... Campos floridos, construções rústicas... A fotografia é maravilhosa. Caí de amores!

De acordo com o próprio Petzold, o roteiro, bem pontuado, foi inspirado por dois livros: "Barbara" de Herman Broch e "Rummerplatz" de Werner Brauning. Além da delícia - que eu, particularmente, acho - em ouvir o idioma alemão, o diretor conseguiu criar uma história envolvente que, apesar da consternação, nunca deixa de apostar na esperança.

Uma curiosidade: "Barbara" vem do grego e significa estrangeira, forasteira ou estranha. Coincidência com o enredo do filme?

Incômodo! Magnífico! Sai totalmente encantada e deslumbrada do cinema! Se você gosta de drama... se jogue!

E vocês? Gostam de drama? E cinema alemão?

Beijim,