quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

SAG 2013: Naomi Watts, Michelle Dockery, Kelly Osbourne, Jaimie Alexander e Bônus!

*Imagens: reprodução

Além de Amanda Seyfried, outras que mandaram bem no Red Carpet:


Naomi Watts: Ela é diva, ela é diva e ela é diva! Olha essa pose! Olha esse porte! Um deslumbrante tomara-que-caia cinza, renda e bordados em cristais. Naomi não decepciona! *.*

Black Looks:


Michelle Dockery: Simplesmente linda! Vestido de corte reto, que seria super comum, não fossem os detalhes transparentes. Penteado retrô charmoso que eu adorei! Mas... posso confessar uma coisinha? Não que eu seja pudica nem nada, mas essa ~meia~ pagação de peitinho me dá nos nervos! Pode ser que tenha sido intencional, porém, fiquei pensando se não mediram algo errado... #desabafei 


Kelly Osbourne: Impecável! Achei Kellynha bonita! Tudo perfeito e com uma delicadeza que remete aos anos 30: maquiagem, penteado, vestido. Adorei!


Jaimie Alexander: Elegância e sensualidade! Não sei quem você é, mas, estava divina! Um modelo diferente, interessante e chique. Lembrei ~de leve~ da McPhee no GG. Jamie apresentou o pacote todo com perfeição: postura, pose, segurança, penteado, maquiagem... Um pretinho nada simples e bem ousado! Razô!

Bônus:


Alexis Bledel: Oi, Rory! Arrasou no verde esmeralda-cor-do-ano, que realçou ainda mais esses olhos! Vestido de bom gosto, cor, plissado, detalhes nos ombros e na cintura. Só tive a impressão que ele estava um pouquinho largo, mas, né? Que saudades da Lorelai!

Encerramos o SAG por aqui... Gostaram? O que acharam da Naomi? E dos black looks? Também sentem saudades infinitas da Lorelai e das garotas Gilmore?

Beijim, 

SAG 2013: Helen Hunt, Jennifer Garner, Jennifer Lawrence, Amanda Seyfried

*Imagens: reprodução

Nesse SAG, houveram duas duplas de vestidos que eu achei bem parecidos. Mas, é aquela história: mais vale ter vestidos-gêmeos-separados-na-maternidade ahazando no salão do que um ~chanel-creysso~ que chora no cantinho. 

Helen Hunt & Jennifer Garner


Helen Hunt: Provando minha teoria de que com o tempo Helen só melhora: maquiagem bem natural, vestido simples, chique, impecável = Helen diva! Colarzinho ~marromeno~, mas, a gente perdoa, viu, Helen?


Jennifer Garner: A versão dourada de Helen Hunt! Mas, vai dizer que, ambas não estavam chiques e lindas? Adorei as duas! Claro, que por motivos de tietagem descarada, tendo para a deusa de prata! =P


Jennifer Lawrence & Amanda Seyfried


Jennifer Lawrence: Não bastava estar com pneumonia, ainda usou o ~vestido traidor~! Ela caprichou: cabelo e make simples e bonitos, é fato. Porém, o vestido, azul marinho em camadas, não foi puro amor dessa vez, achei meio sem graça... Essa parte debaixo, toda amarrotada, estava, no mínimo, esquisita! E aí, todo mundo viu os gifs do vestido rasgando justamente na hora dela receber o prêmio, não? Não sei quem pensou "ah, bem que podia rasgar!", mas, Deus-me-livre de cruzar o seu caminho!! Pior vestido é aquele que rouba a cena por traição! =P


Amanda Seyfried: Apenas palmas para o look da noite! Sereia ahazando na cascata de babados! E esse cabelão divo? Seria legal um penteado elaborado? Seria, mas, gente, esse cabelo é lindo demais para ficar preso! E quanto ao colar, não sei se gosto ou não... Sambou no tapete vermelho, Amandinha!

E vocês? O que acharam da da dupla de vestidos? Prata ou dourado? E o marinhos? Ficaram com dó da Jennifer e o vestido ladrão de atenções? E o colar de Amanda?

Beijim,

kmi

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

SAG 2013: Marion Cotillard, Nicole Kidman & Anne Hathaway

*Imagens: reprodução

Agora, as "meninas não sei": ainda estou pensando se gosto... ou, se ficaria bom em outro lugar... ou,...


Marion Cotillard: Bicolor! Achei tão diferente o modelo, a combinação de cores, que estou em conflito: gosto ou acho ridículo? Não sei! Se fosse para comparar, Marion parecia estar se sentindo tão princesa quanto Lucy Liu. A escolha foi arriscada, mas, não achei dos piores não. Ó, dúvida!


Nicole Kidman: Piastra, Nicole? Chapinha, Nicole? Você foi uma das minhas divas no GG! Cadê a exuberante-ruiva-de-cabelos-encaracolados? Devo confessar, ~para minha tristeza~, que se eu não ficasse em dúvida sobre o vestido, Nick nem entraria dessa vez... mimimi Fenda e bordado, interessante e chique... hummm... ainda estou pensando se gostei! Não me conformo com esse cabelo... Next!


Anne Hathaway: Transparência, tule, peep toes... Ahazou com esse batom vermelho! O modelo era bonito, mas, definitivamente, existe um problema não identificado: seria o volume ~xôxo~ do tule? Ou o comprimento do vestido? 

O que vocês acharam destes vestidos? Conseguiram sair de cima do muro?

Beijim.

kmi

SAG 2013: Kaley Cuoco, Julianne Moore & Jessica Chastain

*Imagens: Reprodução

Domingo aconteceu o Screen Actors Guild Awards e, bem, os red carpets já foram mais ~glamourosos~, sabe? Fiquei tão decepcionada com o que vi que resolvi começar ~xoxando~ a galere.

Abram alas, aí vem as "moçoilas da decepção":


Kaley Cuoco: Kaley brigou com a pessoa que estava arrumando o cabelo dela, só pode. Essa franjinha está medonha! É peruca? É aplique? É uoh! Fora que ela ficou com um Sr. Cabeção. (Desculpa, gente. Desculpa, Kaley. Mas, olho para ela e só me vem isso a mente!) Esse é mais um daqueles vestidos que eu acho bonitinho... para outra ocasião (Aliás, parece que esse Red Carpet só deu isso... fuén, fuén, fuén!). Adoro vermelho, cintura marcada, saia rodada, mas, vem cá: era para ser esse comprimento mesmo? Ficou parecendo a ~mini Penny~! =X


Julianne Moore: Só desilusão define. Depois de sambar em praticamente todos os eventos, Julianne forçou demaxxx. Cadê a cintura, Braseeel? E a riqueza das ~aplicações~ nesse modelo? Talvez em outro evento? Talvez, bem talvez. Não rolou, Sereia patchwork!


Jessica Chastain: Oi, Jessica Rabbit, tá quase! (Desculpaê, acordei infame hoje!) Jessica é linda, mas, esse ano tá puxado para conseguir acertar. O lado positivo é que não está uma ~Brastemp~, porém, a cada evento melhora. Os pontos negativos foram: a pancinha, que deve ter vindo com o vestido, e o colarzinho de festa de 15 anos. Até o Oscar, espero te ver ~perfecta~!

Concordam que esse foram os modelitos do desapontamento ou amaram? Se amaram, defendam, please!

Beijim,

domingo, 27 de janeiro de 2013

No próximo, deixa eu brincar também, Tarantino?


*Imagens: reprodução

Sexta preguiçosa... para começarmos bem o feriadão chuvoso: cinema!

Django Livre (Django Unchained - 2012)

Diretor: Quentin Tarantino
Com: Jamie Foxx, Christoph Waltz, Leonardo DiCaprio, Kerry Washington, Samuel L. Jackson. 

Uma homenagem ao western spaghetti, o filme se passa no sul dos Estados Unidos, (e, por isso, seria um southern spaghetti?), dois anos antes da Guerra Civil. Django (Jamie Foxx) e sua esposa Bromhilda (Kerry Washington) são escravos que tentaram fugir de uma fazenda. Recapturados, eles são vendidos separadamente. Certa noite, Django é encontrado pelo caçador de recompensas Dr. King Shultz (Christoph Walz), que precisa de sua ajuda para encontrar os sanguinários irmãos Brittle, foragidos da justiça - vivos ou mortos. (Ou seja, a típica dupla de cowboys americanos é formada por um negro e um estrangeiro.) Em troca de ajuda, Dr. Shultz promete alforriar Django, e, mais tarde, ajudá-lo na busca por sua esposa. 

Já é o suficiente para ficar com vontade de correr para o cinema, não?

O filme, baseado em vingança - o que não é novidade para os fãs de Tarantino - traz uma série de reviravoltas. Quem assiste a um filme dele, já tem ideia do que esperar, mesmo assim, é divertido, diferente e, por que não, sempre uma surpresa! Todas as características marcantes estão lá: exagerados esguichos de sangue, diálogos longos e afiados, reciclagem de filmes B dos anos 60 e 70, piadas sensacionais em momentos inoportunos, roteiro nada óbvio e com situações esdrúxulas, trilha sonora marcante e mais sangue!

Com exceção de alguns flashbacks, este é o filme mais linear do diretor. "Django Livre" ainda me fez, pela primeira vez em um Tarantino, fechar os olhos: com a primeira aparição de Leonardo DiCaprio na trama e, claro, a cena dos cães. Entretanto, curiosamente, é um filme engraçado. Talvez, o mais engraçado dele. A ironia e o sarcasmo estão presentes. As tiradas de Django, a cena inicial, a sequência no bar, o racismo de Stephen, a interpretação de Walz e, claro, a cena inacreditável dos membros da Ku Klux Klan reclamando dos capuzes brancos que fizera-nos chegar as, pasmem, gargalhadas. 

Ainda, o roteiro: Acredito que é um dos melhores escritos por Quentin Tarantino. As 2 horas e 45 minutos de filme passam voando! (Ao menos para mim!) Não é por acaso que ele desponta como favorito ao Oscar de Roteiro Original deste ano. A fotografia, com cenários e figurinos bem convincentes, é um deleite visual. 

E as atuações? O diretor conseguiu tirar os astros de suas zonas de conforto e mandou ver: 
- Jamie Foxx: Não foi brilhante, mas cumpriu seu dever. O desenvolvimento de Django foi bem elaborado, de homem submisso ao que assume o controle da própria vida. Ah, e ele cresce muito nas interações com Waltz. 
- Christoph Waltz: Rouba todas as cenas! Indicação ao Oscar e prêmio de Melhor Ator Coadjuvante no Globo de Ouro merecidíssimas! Aliás, na primeira hora de filme, só dá ele! Inteligente e sarcástico. A ironia refinada do dentista matador faz com seja um prazer vê-lo no foco, da primeira a última cena.
- Leonardo DiCaprio: Arrisco a dizer que foi primeiro filme em que gostei de assisti-lo atuando. Incorporou o odiável Calvin Candie e brilha. 
- Samuel L. Jackson: Está impecável. O escravo Stephen, aos poucos, vira a figura mais repugnante da trama. Talvez, seja o mais racista de todo o filme. Surpreendeu com sua performance primorosa.

Sem falar das várias participações especiais: Franco Nero, o Django ~original~ de Corbucci, faz uma pontinha como proprietário do "mandingo" que perde a luta na casa de Candie. E, óbvio, Tarantino, numa curta cena, garantia de muita risada. Todos os atores, participações e principais, parecem se divertir nas gravações. 

Também, adorei a trilha sonora. Minha única ressalva é que não sou fã de hip-hop e rap, mas, nesse filme, deixo passar. rs. Os temas clássicos de faroeste, entretanto, foram puro amor! Fiquei tentada a comprar!

Para finalizar, revelo que, a minha sessão foi uma delícia: as pessoas gargalhavam, batiam palmas, xingavam, torciam... Mas, se você não gosta de Tarantino ou vai apenas pelas cenas violentas, não sei se apreciará o filme...

Vocês curtem Tarantino? E "Django Livre"? Já assistiram? Ficaram com vontade de assistir?

Beijim, 

sábado, 26 de janeiro de 2013

#vaigordinha: versão Garfield!

Fui a um restaurante de lasanhas. Apenas ~lasanha~.  *.*
A casa, super simpática e charmosa, chamada La Tutti Lasagneria aposta na onda das variantes da mesma receita. O primeiro restaurante de Sampa dedicado somente às lasanhas traz no cardápio sete versões made in Mamma Italia! Verdadeiro amor pela tradição.
Marcelo optou por um combo de salada + lasanha. A salada é composta de folhas verdes e tomates cereja acompanhadas de granola salgada. Um dos ingredientes dessa granola é o gergelim. Depois do meu último episódio com gergelim, decidi pular a salada... Eu escolhi lasanha ao funghi e Marcelo, nordestina (carne seca e creme de mandioca).
Chegou bem quente, tanto que, ao servir, fomos alertados para termos cuidado. Sim ou com certeza me queimei? =X Toupeirices a parte...
O ponto da massa estava perfeito e o recheio, suculento, mas, nada de excessos! Gratinadas com parmesão, chegam a mesa com uma crocante casquinha! nham! Ah, não achei pesada, por incrível que pareça! Prova disso, foi que eu consegui chegar a sobremesa! Achei o tamanho bom. Não chega a ser ideal para dividir, mas, ficamos satisfeitos. Os ogrinhos e #vaigordinhos comem sem passar mal!


De sobremesa: tiramissú! Foi a primeira vez que comi, então, o que eu posso dizer é que estava bem cremoso e saboroso. E a porção é farta, essa sim, rolou a divisão. Muito gostoso!
Pagamos em torno de 40 dilmas por pessoa, no total. Achei honesto.



Bônus: Não vá com pressa! Nós tivemos sorte de ter apenas um pedido na nossa frente e que já estava sendo servido. Acontece que, pelo que percebi, existe apenas um forno para gratinar. E, se não me engano, a lasanha fica uns 10 minutos nele. Ou seja, se você chegou e já tem lasanha gratinando, tem que esperar ~pela sua vez~! =X

E vocês? Curtem dar uma de Garfield de vez em quando?

Beijim,

kmi

Local da Gordice: La Tutti Lasagneria - Rua Capote Valente, 308B, Pinheiros - (11) 3063-3616

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Golden Globe 2013: Nicole Kidman, Emily Deschanel, Kate Hudson e ~Sereio~!


*Imagens: reprodução



Chegamos ao final da maratona GG 2013. (Se ainda assim faltou alguém, podemos providenciar!) =P

E, para terminar, black looks

Nicole Kidman: Elegante e estruturada! Essa resenha é altamente tendenciosa por motivos de: adoro Nicole! E, por isso, vou ignorar todas as intervenções plásticas que ela já fez, ok? O vestido estruturado ficou perfeito! Parece que foi costurado em seu corpo. Detalhes em dourado, marcação na cintura... Ahazou, Nick! Saudades eternas do australiano ~Drover~! *.*


Emily Deschanel: Rainha do meu coração! Atenção! texto tendencioso por motivos de: forte tietagem às irmãs Deschanel, principalmente, Emily. Chiquérrima! Emily exibia um vestido sóbrio, com ombros bordados e optou por acessórios discretos. Penteado simples e maquiagem clássica. Sutilmente divina, Bones


Uma pausa para tietagem:


Desculpaê! Não resisti à fofurice do momento! 

Kate Hudson: Dramática! Simplesmente amei o look de Kate! Vestido simples, chique, interessante, com ar retrô. O decote profundo equilibra as mangas longas. Destaque para a gola e cinto dourados. Acessórios e make discretos para não carregar as aplicações e bordados. Ela conseguiu fugir do óbvio! Da primeira vez que a vi, achei que o cabelo preso cairia melhor, até por causa dos detalhes na gola, mas, vendo outras fotos, o jeito como sorria... Gente, ela estava perfeita! Lindíssima e deslumbrante! Deusa iluminada!


E, para fechar os trabalhos, o ~Sereio~ da noite:


O que acharam das deusas: Nicole, Emily e Kate? E o ~Sereio~?

Espero que tenham gostado dos posts, pois, estamos na metade dos ~Red Carpets~!

Ah, PS: O que vocês acharam dessa quantidade de posts? Melhor um só com uns 5 modelos ou é mais divertido falar de mais pessoas?

Beijim,

Golden Globe 2013: Michelle Dockery, Allison Williams, Lena Dunham, Jennifer Westfeldt, Mayim Bialik e Brasil!

*Imagens: reprodução

Michelle Dockery: Ousada e diferente! Branco e dourado... Esmeraldas... Cabelos curtos em ondas, maquiagem suave, destacando o cílios, batom nude, tudo para equilibrar o bordado maravilhoso do vestido. Elegante, Lady Mary (tenho que baixar "Downton Abbey" urgente! Dizem que é do ~meu jeitinho~!) Um dos meus preferidos!


Allison Williams: Simples e linda! Allison vem impressionando positivamente! =) Vestido com decote profundo, olhos maravilhosamente azuis e esfumados, batom neutro com acabamento molhado. Brincos adoráveis. Impressionou sem arriscar!


Lena Dunham: Postura? Oi? Assim, o modelo era bonito e os recortes valorizavam as curvas. Apesar de eu ter achado que ele pesou um pouco nela. Ganhou uns aninhos, sabe como é? O pesadelo veio através da postura: foi, no mínimo, embaraçoso vê-la tentando andar com o vestido/salto. Podia ter treinado um pouquinho... E, como desgraça pouca é bobagem... A cinta roubou a cena! Dava para ver marcas no vestido! Pobre, Lena!


Jennifer Westfeldt: Roxo brilhante! Cor diferente, ousada... Jennifer estava bonita, só faltou exibir o sorrisão. Ponto por ter arriscado!


Mayim Bialik: Não ornou, I'm sorry! O vestido não era feio, tinha fofos brilhos discretos, bordados delicados e transparência, mas, não valorizou. Chamou atenção demais para os braços gordinhos, para os ombros, e, até para a má postura de Mayim. O legal foi que ela ficou super diferente de Amy Farrah. Também precisava diminuir uns dedinhos no comprimento e o vestido podia marcar um pouquinho mais a cintura! Essa não deu para livrar, Blossom... Beijo, Amy Farrah!


E... Brasil -il -il -il!


E, então, gostaram do vestido da Michelle? E de Allison? O que acharam de Lena? E o roxo de Jennifer? E Mayim?

Beijim, 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Golden Globe 2013: Glenn Close, Jennifer Garner, Anne Hathaway, Isla Fisher, Kaley Cuoco e New Boy!

*Imagens: reprodução

Glenn Close: Sereia diva absoluta! Bom gosto e coerência. Azul marinho, perfeita da cabeça aos pés. Sem falar dos brincos de ~esmeraldas~... Aplausos!


Jennifer Garner: Surpreendentemente linda, linda, linda! Estamos tão acostumados a ver Jennifer de moletom, jeans e tênis, atrás das crianças, que até esquecemos esse lado ~pomposo~! Vestido com textura, paetê, cintura marcada e vermelho intenso. Apaixonante!


Anne Hathaway: Postura, elegância e desenvoltura! Confesso que não achei o look essas coisas. Se eu  (pfff) fosse a ~nova queridinha da América~ ia botar para quebrar no tapete vermelho. Mas, aí que está a grande jogada de Anne, na minha humilde opinião:  um conjunto de paetês (ok, de longe a parte de cima parece gesso!), equilibrado e simples, maquiagem leve, acessórios discretos, cabelo curtinho, tudo muito delicado. Por mais que ela não esteja deslumbrante, olhamos para ela e a achamos maravilhosa (ela, Anne!). A roupa pouco importa, ela sabe o segredo de fazer algo sem graça se tornar poderoso. Clássica e feminina! É diva, com certeza!


Isla Fisher: Iluminada! Pedrarias e transparência! Curto muito esse negócio de ~falso tomara-que-caia~, o efeito é bonito, não rola aquele incomodo de ficar puxando as laterais do vestido all time. E a pedraria, no caso de Isla, traz a sensação de que algumas estão diretamente sobre a pele. Adorei! A clutch podia ter ficado em casa... Penteado simples, make destacando o batom. Becky Bloom estava digna!


Kaley Cuoco: Encantada! Uma princesinha com maquiagem de rockeira! Assim como o de Isla, o vestido de Kaley também tinha o abençoado truquezinho do tule, que deixa o colo visível sem correr o risco de ~imprevistos~. Adorei o degradê de brilho, mas, achei a fitinha totalmente dispensável. Cabelo, ok. Make causadora da discórdia: deu vida ao look ou seria melhor um batom vermelho fechado? Acho as duas opções interessantes! Deslumbrante e charmosa, Penny! (toc, toc, toc!)


New boy:


O que vocês acharam? Glenn: diva? Estranharam Jennifer sem jeans? Anne: maravilhosa ou simples demais? Curtiram o falso tomara-que-caia de Isla? E o batom de Kaley?

Beijim,

kmi

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Golden Globes 2013: Francesca Eastwood, Naomi Watts, Jennifer Lawrence, Amanda Seyfried, Carly Steel e Iron Man!

*Imagens: reprodução

Francesca Eastwood: A Miss Golden Globes 2013! Sereia noiva!?!? Um vestido digno de fazer as noivas ficarem ~roxonas de inveja~! Make simples, rápido e prático: olhos esfumados e batom cereja (que me deixou desejando um! ~roxona de inveja~).  Fascinante!


Naomi Watts: Naomi tem o toque ~fashion~ Midas! Tudo que veste vira ouro! Com esse ar retrô, mais diva impossível! Penteado falso curto, make clássica, vestido vinho... Mangas compridas, decote nas costas e até a cauda, que eu não sou fã, respeitei! Naomi estava linda, elegante, sambou de deusa-mor! 


Jennifer Lawrence: Diva real & moderna! Com essa cinturinha de Barbie, você só podia sambar, colega! É bem verdade que Jennifer e Marion estavam com cores e cintos parecidos, mas... Jennifer estava a cara da ryquezah! E o modelo era parecido com o de Zooey, porém, olha o poder dos acessórios: eles podem derrubar (Zooey e seu colar de pérolas) ou valorizar (Jennifer e seu cinto metálico) o look! Olha esse cabelo rycoh, essa maquiagem, o caimento desse vestido, essa classe, essa postura! Vou até deixar passar impune esse detalhe-cone-blond-ambition-world-tour do busto! Parece linda sem esforço!


Amanda Seyfried: Etérea! Romance, transparência e renda. Amanda estava ~nude~, vestido, maquiagem, cabelo... O cabelo ficou lindo solto, porém, para esse look, quem sabe um coque? Ou um acessório colorido? Estava bonito, mas, monótono. 


Carly Steel: Rainha grega! Neutro e brilho. O vestido caiu muito bem na atriz. Clutch dispensável. O coque poderia ser menor, já a maquiagem leve fechou perfeitamente com o detalhe dourado do busto. Puro glam!


Enquanto o 3 não chega...


O que acharam de Francesca e Amanda? Naomi divou? E Jennifer? Carly estava deusa grega?

Beijim,

kmi

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Golden Globe 2013: Claire Danes, Lucy Liu, Jodie Foster, Sienna Miller, Jessica Chastain e wow!


*Imagens: reprodução

Claire Danes: Sambou de salto agulha! Isso é o corpo de uma mãe que teve bebê há 30 dias! Chora, Braseeel! Claire fez o estilo mulherão: um modelo simples e elegante, maquiagem com olhos marcados, escova dizendo ~desculpaê, minha rycah genética~ e pronto! Prioridade? Só o baby mesmo! Achei digno!


Lucy Liu: Princesa! Lucy parecia a princesa de um jardim encantado. A expressão dela dizia exatamente isso! Ainda mais com trança, sardas aparentes e os olhinhos puxados... Um vestido diferente, made in toalha da vovó (?). Posso confessar que, depois de ver e rever as fotos, estou em conflito se ~meio que gosto~ ou ~meio que acho ridículo~? Ela aparentava tanta felicidade ao usá-lo que mesmo não amando o modelo, fiquei com vontade de usar um! O vestido era dramático e a escolha foi arriscada. Não sei se é o estilo dela, se ela usou o vestido ou o vestido a usou. Alvo de ódio e amor extremos nas redes sociais. Mas, será que alguém parou para pensar que, talvez, se ele fosse a escolha da Zooey, não teria causado tanto burburinho?


Jodie Foster: Apenas sambou lindamente como homenageada da noite! Clean! Um vestido que realçava seus olhos, cabelos soltos e simples, poucas jóias, pele maravilhosa e um sorriso indisfarçável de satisfação! Jodie, nunca haverá uma Clarice como você!


Sienna Miller: Fuxicos serão os próximos?! Sai para lá com essa história de ~minimal~! Tá puxado, hein? Uma leva a toalha da vó, a outra a cortina do box do banheiro? É isso mesmo, produção? Se não queira vir, que ficasse em casa, Sienna! Mas, não vem de preguiça para o ~Red Carpet~! Cadê a Sienna charmosa? Cadê a maquiagem? Cadê glamour? Cadê você, Sienna? Achei feio, esquisito, pálido, apagado, ~cafoninha~... Sienna, me fez chorar no cantinho. Que decepção!


Jessica Chastain: Fuen, fuen, fuen... Não foi dessa vez! Jessica, te amamos! Sua pele, a cor do seu cabelo, sua postura de diva, a atriz, mas, seu look... De frente, não estava ~tão~ ruim, mas, foi só virar... ficou com uma silhueta muito esquisita. O corte do vestido não caiu bem, isso sem falar no decote, em que os detalhes deram um aspecto ~murcho~ à atriz. Definitivamente não valorizou. O penteado trouxe uma ar retrô, e, ficou um pouco estranho também, principalmente, a raiz do cabelo. Ah, adorei as cores: do vestido e do batom! E, por falar em batom, será que foi ele que roubou a cena na barra do vestido?


E para animar...


O que acharam de Claire-30-dias-pós-parto? Lucy e Sienna: lindas ou realmente furtaram cortina/toalha da vó? Jodie, amor eterno? Jessica: foi o batom?

Beijim,

kmi

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Golden Globe 2013: Salma Hayek, Lea Michele, Nicole Richie, Heidi Klum, Amy Adams e o rei do mundo!


*Imagens: reprodução

Salma Hayek: Estranha por algum motivo! Seria o cabelo solto? Preso ficaria mais ~classudo~? Não sei! O vestido está bonito e até curti o detalhe do laço. Mas, por algo que não sei decifrar, ela me parece aquela tia-quarentona-que-acabou-de-se-divorciar-e-quer-correr-atrás-de-todos-os-brotinhos-da-festa, sabe?


Lea Michele: Ain... Pode falar? Até gostei do vestido, parece ter um bordado bonito, mas, olho para ele e só consigo lembrar de: toalhas e roupões felpudos! Lea podia ter maneirado um pouquinho no ~bronze~, hein? Fora isso, curti os brincos e a make. E juro que queria perder essa ~implicância natural~ que tenho com Lea para poder assistir "Glee"... mimimimi...


Nicole Richie: Chique e fashionista! Mangas longas, um vestido bonito. Talvez, não tenha combinado tão bem com a clutch, linda para outro look, porém, em compensação, combinou demais com a maquiagem, e, não de um jeito bom... Ah, brincos brasileiros no tapete vermelho! Sim, Nicole esbanja estilo!


Heidi Klum: Uma vez angel, sempre angel! Vestido de um ombro só, justo, fenda ultrapassando todos os limites e... claro, que ela segura bem! É uma diva! Que abuso! =P


Amy Adams: Sereia homogênea! Reclamaram que Amy estava monocromática: vestido, pele, cabelo, jóias, maquiagem. Até podia ser... Mas, apagada? Nem pensar! Amy estava linda! O vestido impecável caiu perfeitamente para seu corpo. O modelo era previsível porque esse é o estilo dela. But, who cares? Segurou com louvor! Cabelo vintage, make discreta. Amy estava puro glamour! Parecia uma ~daquelas~ estrelas do passado! Divou muito!


E para relembrar Amy nos tempos de "Prenda-me se for capaz":


Mais alguém achou Salma com estilo tiazona? Ou lembrou de coisas felpudas vendo Lea? Nicole e Heidi foram bem? Amy: sem graça ou uma graça?

Beijim,