quarta-feira, 31 de outubro de 2012

SPFW II: Têca e FH

*Imagens Reprodução
Bora continuar?



Coleção Completa em http://ffw.com.br/

As antigas porcelanas inglesas foram a inspiração da estilista Helô Rocha, que levou a caça inglesa para a passarela. Junto a essa referência, as tradições e a moda inglesa dos anos 60. O resultado foram silhuetas sessentinhas, com saias evasê e de cintura marcada e a clássica saia lápis. Os lenços vieram, ora, como peças inteiras: vestidos, camisas, ora, em detalhes. A delicadeza da renda também apareceu. Mas, quem marcou forte presença, e arrisco dizer, roubou a cena foi o couro, no matelassê. 



Adorei o desfile do começo ao fim. Todos os looks! Sim! As rendas, os casacos, os tricôs... Mas, o couro... Ah, o couro ganhou meu coração em todas as formas apresentadas: saias, vestidos e esse último casaco... ai, ai... Manhê, me dá?




Coleção Completa em http://ffw.com.br/

Exuberância. Os desfiles de Fause Haten são sempre exuberantes e performáticos. Assim como na última temporada, tivemos música ao vivo, porém, desta vez, foi o próprio estilista quem a apresentou. Enquanto isso, na passarela, viam-se modelos que foram inspirados pelo paetê vermelho e na figura da patinadora no gelo. Brilho! Brilho em todo lugar! Muito tule, transparências, segundas peles e paetês. Recortes que muitas vezes mais revelavam que escondiam. Tudo para mulheres sem medo de serem  extravagantes. 



Foram escolhas peruas? Siiiiiiiim! E eu amei? Siiiiiiim!
Do tubinho ~só~ de brilho ao longo com um quê de odalisca. 
E as listras? A saias P&B listradas? Gente, eu quero! Foi amor puro, amor verdadeiro e a primeira vista! *.*


O que estão achando dos desfiles? Curtiram os brilhos do Fause Haten? E a caça inglesa de Helô Rocha?

Espero que estejam gostando, porque... continua!!

Beijim, 

terça-feira, 30 de outubro de 2012

SPFW: Osklen e Ronaldo Fraga

*Imagens: Reprodução
Vamos brincar de Fashion Week? Preparados?

Para começar, uma das novidades da 34ª São Paulo Fashion Week é o lugar: depois de anos no prédio da Bienal, o local da vez é o Parque Villa Lobos. =D




Coleção Completa em: http://ffw.com.br/

Poucos e bons 18 looks superinvernais. Misturando a Aspen dos anos 60 e a rústica Patagônia, a coleção remete as nevadas montanhas. A riqueza das texturas e bordados se opondo a simplicidade de roupas para esportes na neve. Harmonia em poucas cores, sobreposições, recortes, prints com imagens das montanhas, leões, pinheiros e cristais de neve!




Já imaginou que bapho chegar em qualquer lugar com esse colete? E o casaco tricolor? Fofo demais! (Por questões pessoais, sou adepta dos fakes, mas, cada um sabe de si, não é mesmo?)
E, claro, amei as bolsas, estampas e texturas, além de estar totalmente apaixonada pela mini de leões! *.*




Coleção Completa em: http://ffw.com.br/

Delicadeza e poesia. Simplicidade nas cores e estampas, rabiscos, desenhos e escritos de Paulo Marques de Oliveira. Inspirado por "ô fim do cem, fim..." de Paulo Marques de Oliveira, que tenta explicar os fundamentos do mundo. Ronaldo Fraga ganhou o livro de 4 pessoas diferentes: "às vezes é o tema que nos escolhe", diz o estilista.




Os vestidos, em sua maioria, com esse ar romântico foram meus preferidos. Também adorei o oxford e notei que várias peças vieram com um botão gigante, que eu achei lindo!

Como o post já está ficando gigante, continuamos nas cenas dos próximos capítulos! rs

E vocês? Estão acompanhando o SPFW? O que acharam da coleção da Osklen? E da do Ronaldo Fraga? 


Beijim, 

domingo, 28 de outubro de 2012

Doce ou Travessura?

O Halloween é um evento cultural e tradicional, uma festa celebrada no dia 31 de outubro. 
A tradição surgiu entre o povo celta, que acreditava que, no último dia do verão, 31/10, os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Com a finalidade de assustar esses fantasmas, os celtas enchiam as casas de objetos assustadores.
Por ter sua origem relacionada com a morte, a festa traz símbolos característicos, como fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos pretos... 

Aqui, no Brasil, comemorar esta data é algo recente. E deve-se, principalmente, a influência da cultura americana, através da TV, filmes e cursos de idiomas, por exemplo. 

Ah, dia 31 de outubro, aqui no Brasil, também é o Dia do Saci! =D

Influenciada por toda essa onda de Halloween, resolvi brincar de ~designer~... Olha o resultado:



Tô pegando gosto pela coisa! rs

O que vocês acham do Dia das Bruxas? Curtem a festa? Entram no clima e se fantasiam? O que acharam da minha nova ~criação~?


Beijim, 


sábado, 20 de outubro de 2012

Amy Adams + Irlanda

Já está virando rotina postar alguma comédia romântica no domingo a noite... =P Então, não vamos fugir da regra!
Domingo é o único dia que tenho para ~descansar~. De segunda a sábado, revezo entre trabalho e estudos. E, neste domingo, ainda tive namorado trabalhando aliado a uns remedinhos (devidamente receitados, galere) que me derrubaram mesmo... Até tive uma manhã produtiva indo ao supermercado, mas, pós almoço, fiquei ~de molho~ em frente a tv. Assisti sem intervalos: "Nunca é tarde para amar" + "Ele não está afim de você" + "Coração de Tinta - O Livro Mágico" + "Casa comigo?"
Como foi a primeira vez que assisti o último, e ele já é o mais novo membro da minha listinha de fofuritos, resolvi partilhar com vocês! *.*

Casa Comigo? (Leap Year - 2010) 

Diretor: Anand Tucker
Com: Amy Adams, Matthew Goode, Adam Scott, John Lithgow, Noel O'Donovan

Uma decoradora de ambientes de Nova York mantém um longo relacionamento com um bem sucedido cardiologista. 
Como o namorado não toma uma "atitude", ela viaja até Dublin, para pedi-lo em casamento, já que em anos bissextos, segundo a tradição irlandesa, a mulher pode pedir o homem em casamento e ele não pode recusar. 
Porém, o mau tempo faz com que o avião aterrize distante de Dublin. E os meios de transporte são ~um pouco difíceis~ nesta região. A partir disso, um habitante local grosseirão a ajuda atravessar o país, em toca de dinheiro. 

Começa que Amy Adams é mais uma das minhas queridinhas. Mesmo em "Muito Bem Acompanhada", não consigo ficar com raiva da personagem. 

O roteiro é um clássico das comédias românticas. O filme é cativante, as atuações agradáveis, as cenas engraçadas e tem aquele clima de romance a moda antiga no ar.
Ah, as lindas paisagens irlandesas também não passam batidas!
E sim, é mais daqueles filmes que tentam fazer a gente acreditar que existe um ~encantado~ fantasiado de sapo em algum canto por aí... 

Já assistiram o filme? O que acharam?

Beijim, 



segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Candy #vaigordinha!

Taí uma coisa difícil de ver por aqui: doces! 
E nem é porque eu não gosto ou coisa assim, claro que sempre fui a garotinha que, em festinhas de aniversário, preferia coxinhas a brigadeiros. Mas, o verdadeiro motivo (e que estou tentando corrigir) é que: me desespero tanto com prato ~principal~ que dificilmente chego até a sobremesa!
Porém, dessa vez foi diferente! Quer dizer... fui ogrinha no salgado e no doce!
Ainda estamos no dia 12. E já que estávamos na Dr. Melo Alves, e que a ~Magnum Store~ estava a duas portas do Amsterdam, nada melhor do que comemorar o Dia das Crianças com PI-CO-LÉ! *.*
Sente o drama:

Foto surrupiada ~na cara dura~ do insta do @rafamodolo! 

O esquema é o seguinte: Por 9 moedas da felicidade, você personaliza um Magnum de baunilha (não sei se tem outros sabores!), com até 3 toppings e uma das quatro coberturas (ao leite, amargo, meio amargo e branco). 
O melhor foi Anderson escolhendo como topping os confeitos dourados: "Não tem gosto de nada! Se liga!" 
Ah! E você ainda pode fazer um pôster do seu Magnum personalizado: Roubei o do Anderson, porque foi o que ficou com cara de rycoh! Graças aos confeitos personalizados! ¬¬

Magnum rycoh do Anderson - Ansiosos escolhendo os toppings *.* - O resultado!

Diversão de #vaigordinha!

Ah, parece que, a princípio, a loja ficará aberta ~somente~ até 23 de dezembro! sofrendo por antecipação

E aí? Que acham da ideia de personalizar um Magnum? Ficaram com vontade? (Me convida!)


Beijim, 


Local da Gordice: Magnum Store - Rua Dr. Melo Alves, 490 - Jardins - São Paulo/SP

domingo, 14 de outubro de 2012

I'm back, baby!

Olha quem está voltando: o #vaigordinha!! \o/ Todas comemora, ou não =P

Depois de meses de ajustes e adaptações com o aparelho, finalmente, estou voltando aos meus ~deslizes~ gastronômicos! mwahahaha

A volta a ogrice foi ~de leve~: fomos ao Amsterdam, um lugar agradável, com decoração simpática e encantadora. Poucas mesas espalhadas na calçada, um salão e um pequeno lounge. Serve pratos variados, com destaque para combinação de risotos/massas/saladas com grelhados.

Foi um almocinho descompromissado de feriado a oito mãos! Que, claro, já começou comigo chutando o pau da barraca e tendo certeza que eu tinha pedido suco de abacaxi com hortelã, mas, na verdade, ao invés de hortelã, larguei um ~abacaxi com LIMÃO~ para a atendente! Lesada, será? Fora que todo mundo ouviu, estranhou e ninguém questionou!! E, foi gostoso também!
Escolhi combinar risoto de alcachofras (cismei com alcachofras, apenas isso) com filet mignon na manteiga, enquanto Marcelo combinou o mesmo filet com salada e tortinha de batata!

Eu achei tudo delicioso! Tanto que dos quatro integrantes da mesa, fui a única #vaigordinha de sempre que limpou o prato. Já Marcelo disse que a tortinha era dispensável, meio enjoativa até... =X
Lá, também tem opção de dividir o prato. Rolava? Sim. Só que, a porção é individual mesmo, ou seja, para uma pessoa que come um pouco acima da média, mas, não chega a ser ogra. Por exemplo, se tivéssemos dividido, teríamos comido o necessário, ou o suficiente para cair na sobremesa sem remorsos.
Não sei se, pelo horário que chegamos, (cedo para almoço no feriado), mas, o atendimento foi tranquilo. Gastamos uma média de 50 dilmas por pessoa, o que, particularmente, achei aceitável, já que estávamos nos Jardins, na rua Dr. Melo Alves, quase esquina com a Oscar Freire!

Amsterdam é um lugar bonitinho e despretensioso, para tomar uma cervejinha, um suco ou algo mais, para jogar conversa fora, tentar  uma comidinha honesta... perfeito para a família, para os amigos, para os boys magia... enfim, o lugar combina com várias ocasiões!

E aí? Curtiram a volta do #vaigordinha? Gostam de alcachofra? 


Beijim, 


Local da Gordice: Amsterdam Bistrô & Café, Rua Dr. Melo Alves, 506 - São Paulo/SP (Não consegui achar site!)

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Não resisti!

Depois que a Amandinha (que me emprestou o último Harry) disse que estava muito, MUITO (sabe aquele 'muito' de criança? de boca cheia? =]) agradecida pela pulseira, não resisti e fiz a segunda! 
Aliás, estou ~me achando~ de responder "Que bom que você gostou! Ah, não comprei não... Fui eu que fiz!"

Olha eu toda exibida de camiseta podrinha, franja pedindo escova e meus próprios Sete Anões ou gnomos renomeados esperando pela cerveja na padoca: 


 Detalhe:


Até que levo jeito para coisa! =D

E vocês? Levariam os Sete Anões para uma voltinha?

Beijim, 

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

De antes de Grey's Anatomy

Semana cansativa, daquelas que você chega em casa sem vontade de nada, toma banho-come-assiste um filminho (ou um pedaço)-dorme. E acorda podre no outro dia. TPM? Pode ser (ao menos, se for, passa em alguns dias...).
Sei que falei de filme há três posts, mas, essa tem sido a rotina dessa semana! E o pior, assisto toda noite o mesmo filme (!) podrinho, porém, bonitinho. De quando Patrick Dempsey nem sonhava em ser o Dr. Shepherd...


Diretor: Harry Winer
Com: Kimberly Williams, Patrick Dempsey, Brad Rowe, Brian Markinson.

Amy vive conforme um cronograma de vida que sua mãe deixou antes de morrer. Ele esquematiza desde quando ir para o acampamento até por qual namorado ela deve se apaixonar. R: O sétimo!! Porém, o sexto candidato faz com que Amy queria burlar as regras desse roteiro.

Ok, admito, depois do drama, comédia romântica é o meu gênero preferido! =P

Este filme foi criado para a TV, e, lembro de ter assistido a primeira vez quando ainda morava na casa dos meus pais! o.O

Sim! É uma história bobinha! Sim! É filme de mulherzinha! Sim! Matamos a charada logo no comecinho! Mas, também é uma comédia delicinha e que funciona, mesmo com todos os clichês envolvidos.
Enfim, o tipo de filme que já sabemos como termina, mas que é tão gostoso de assistir que acabamos indo até o fim para nos emocionarmos com as cenas tipicamente marcantes dos momentos finais das comédias românticas... ai, ai!

E... com licença, que ainda não vi minha reprise do dia!!

Já  conheciam esse filme? Gostam de comédia romântica?

Beijim,

kmi

*Imagem: Reprodução