quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Aos 11, você usaria?

Não sei vocês lembram (nesse post aqui), eu comentei que estava enlouquecida atrás do último Harry Potter. A Pri (Obrigada, Pri! =D) ofereceu um empréstimo do livro. Porém, antes da gente poder combinar como seria a odisséia para eu levar Harry para casa, a filhinha de uma colega do trabalho mandou-o para mim! Onze aninhos, gente! Toda fofurita! *.* Adorei!
Mas, vocês não imaginam o quanto eu fiquei sem graça ao saber que ela emprestou o livro mesmo sem ter lido ao menos uma vez! Como eu sabia? O livro ainda estava no plastificado! o.O
Anyway... Terminei o livro no final de semana, entretanto, até agora não devolvi. O motivo? Queria retribuir o empréstimo... Não tinha ideia do que eu iria fazer, até que, finalmente, a lampadinha acendeu!
Peguei essa fase meio ~trabalhos manuais~ sem maldade, pípol!, meio riponga pela qual estou passando, juntei uma ~criatividade nostálgica~ inspirada pelo mundo mágico e final da saga Potter mais último capítulo da primeira temporada de "Once upon a time" e tals. Que eu revejo como se não houvesse amanhã, assim como alguns trechos do livro. E veja só o que saiu:


Juntei os Sete Anões + Maçãzinhas, numa vibe Branca de Neve. 
Ah! A âncora é pelo Sereias! =P

O que vocês acharam? Se tivessem onze anos, usariam?

Beijim, 

kmi

PS: tô até pensando em fazer uma para mim!! hihihi

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Ainda pode falar de Emmy?

*Imagens: Reprodução

Sei que o assunto já está batidíssimo, então vai ser um post ~pequeno~. Prometo! Ah, foto não conta no tamanho!
É tão bom quando você assiste algo em que o tapete vermelho promete e o resultado é positivo. (Quase) todo mundo estava sensacional...
Então, eis meus eleitos: 


Zooey Deschanel: Deslumbrante! Mesmo engalhando nos vestidos alheios, Zooey é amor! =P (Ok, todos sabem da minha queda pelas Deschanel.) A New Girl usou vestido de inspiração romântica e cheio de glamour. 


January Jones: Ousada e futurista! Ahazou num vestido que poucas sustentariam!


Julianne Hough: Sereia!! Vestido ~sereia~ brilhante em tom de menta. E esses bordados? Ornou, colega! Precisa mais?

And...


Kelly Osbourne: Dyvah! Admito que curtia Kellynha desde os tempos de "Papa don't preach". Naquela época não eram bem os modelitos que me chamavam a atenção, mas, a atitude foda-se, vou gravar Madonna e pronto. Esta parece que ainda continua, e, o estilo... que evolução! Em uma entrevista, ela diz que aprendeu a se aceitar mesmo sem ter os padrões de medida perfeitos. Porém, desta vez, apareceu mais magra e sambou geral combinando o vestido com o cabelo! Achei musa!

That's all folks!!

Na próxima, quem sabe rola um ~ao vivo~ no twitter? Curto muito!! Porque, eu queria falar de todas, mas, o post ia ficar gigantesco, e, neam... 

E vocês? Aprovaram os ganhadores do Emmy? Quem ahazou no tapete vermelho?

Beijim, 



domingo, 23 de setembro de 2012

Sandrinha, I do!!

Domingo cinzento, friozinho... dia clichê para um filminho leve, uma comediazinha romântica, talvez? SIMMM! Adaptações a parte, o refri continua o mesmo, mas, a pipoca (de aparelho não pode) foi substituída por um light X-bacon (de talher pode)! Porque #vaigordinha que é #vaigordinha sempre dá um jeitinho! =P


http://www.youtube.com/watch?v=FbvUw1-tzcA&feature=related
A Proposta (The Proposal - 2009)

Diretora: Anne Fletcher
Com: Sandra Bullock, Ryan Reynolds, Malin Akerman, Mary Steenburgen, Craig T. Nelson, Betty White

Margaret Tate (Sandra Bullock) é uma poderosa e renomada editora de livros que, ao perceber que será deportada para o Canadá por não ter cumprido as solicitações da imigração norte-americana, anuncia que está noiva do seu assistente Andrew Paxton (Ryan Reynolds). Mesmo correndo risco de ser preso, Andrew aceita ~a proposta~ em troca de uma promoção e a publicação de um livro. 

Para começo de conversa, a diretora do filme é Anne Fletcher. Quem?!? Como assim?!? Ela ~apenas~ dirigiu "Vestida para Casar", que eu adoro nível "tenho o DVD, mas, assisto sempre que vejo na TV". 

Roteiro bem amarrado, protagonistas e coadjuvantes em sintonia. Simples assim.

Aliás, protagonistas com uma forte veia cômica, e que, em cena, possuem química, mesmo que a sensualidade seja posta de lado. De Sandra Bullock fui fã desde a primeira vez que a vi, dirigindo aquele ônibus desgovernado. Já Ryan Reynolds sempre me pareceu um pouco forçado. Acho que porque o primeiro filme assisti tendo ciência de que "ele era ele" foi "Apenas Amigos" e, sorry, neam? Mas, me surpreendi positivamente! Como dupla, eles são cúmplices, se complementam e funcionam muito bem fazendo ~escadas~ um para o outro. 

A história flui com naturalidade e alterna o tom romântico com bons momentos de humor despretensioso.

Uma comédia romântica clássica, uma boa diversão para aqueles momentos em que tudo o que queremos são boas risadas e um final feliz. *.*

Ah, e não deixe de assistir aos créditos finais! =D


E aí? Já assistiram esse filme? Gostaram? Indicam algum outro filme com Ryan Reynolds que possa fazer com que eu mude de opinião? =P


Beijim, 

kmi

*Imagens: Reprodução

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A ~Smartona~ de Pinheiros

Pinheiros, Jardins, Clínicas, Jardim América... Não sei qual o bairro que moro, mas, se colocar na correspondência qualquer um desses, ela chega! =)

No sábado a tarde, saí para uma caminhada, pertinho de casa, só para me distrair um pouco... Como roteiro, escolhi dar uma espiadela nas redondezas da Oscar Freire. 
Aí, ~me montei~ naquele combo básico: camiseta + jeans + sapatilha. 

Atenção para o momento smartona: 
- Era uma simples voltinha.
- Bem longe das 8-9-10 horas que passo com o mesmo calçado.
- Uso esse tipo de sapato quase todo-santo-dia.
Conclusão: se joga!

Arrisquei e fui sem os esparadrapos ~preventivos~, aqueles que são, estrategicamente, colocados nos pontos onde a sapatilha fatalmente me machucaria. 
Afinal, pensamento top smartão, depois de anos fazendo o mesmo ritual, acreditei que uma simples caminhada com uma sapatilha fininha e confortável não iria me machucar. Mero engano. 

Quando atravessei a Rebouças, começou a sentir o drama. Tive a leve sensação de que a danadinha e o meu calcanhar começaram a se estranhar. Mais uma quadra e passei a desacelerar as passadas... Depois, percebi que sim, o calcanhar estava ficando seriamente cortado. Com direito a bolhas e aquele carnaval todo. (Relax! No pictures! Porque né? #bomsenso)
Olho em torno em busca de uma farmácia... nada! 
Mas, de repente, surge a Galeria Melissa! *.*
Ok, nem de longe possível de confundir com uma farmácia, mas uma rasterinha-amiga já super resolvia meu problema.

O resultado: 


Eis a minha salvadora: Melissa Dance Hits! 
Sorry pelos efeitos-cafoninhas-fofos, é que estou totally in love com um novo app. (Prevejo mais desses em breve!!)
Apesar de ter a parte do calcanhar, parecia que eu não tinha nada nos pés. (Acabei trazendo uma dourada de step!) Ainda fiz a phyna só que não de sair da loja usando a compra.

Bônus: Quando entrei na loja, sentei ao lado de uma moça (que falava espanhol) e estava provando o mesmo modelo que eu acabara de pedir a atendente. Depois de calçadas, ela passou a se sentir a própria bailarina ou algo assim, porque, volta e meia, andava pela loja dando uns rodopios. Achei sensacional!

Bem... e já que estava pela Oscar Freire, a toa, de calçados novos não planejados... me dei um mimo que namorava a tempos:

Chutando o balde com elegância! =P
E vocês? Sofrem com essa síndrome dos pés super sensíveis? Curtem ~calçados de plástico~? E o vício dos cases para celular, já estão sofrendo desse mal?

Beijim, 

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

De Groupie a Roadie...

Eita semana corrida! 
Só agora consegui sentar para fazer um post decente. Confesso que as meia horinhas que tive disponíveis antes de dormir desta semana (único período realmente livre, quer dizer, na verdade era uma meia hora de sono a menos, facilmente estendida a uma, uma hora e meia) passei atracada com "Harry Potter e o Enigma do Príncipe"... Sorry, mas, estava naquele ponto em que você só larga o livro porque te obrigam, sabe? E, quando terminei, descobri a fatalidade: depois de pegar os 6 primeiros livros na biblio do work, o sétimo e último não está disponível para locação! =~ Estou entre o dilema de comprar apenas o último livro ou comprar todos e não ter onde guardar mimimi and em busca de um feliz dono-e-proprietário de "Harry Potter e as Relíquias da Morte" para negociar um empréstimo de 15 dias, como-se-não-houvesse-amanhã... 

Well, "Horcruxes" a parte...

Final de semana passado, fui prestigiar o ~namorado~ e cia. no último show do Comodoro com a formação ~original~ & bota fora (Falô Brasil, Hello Australia!) do Azedo e da Lígia, que embarcaram, nesta terça, super felizes para uma nova vida na terra dos cangurus. =) 
A comemoração foi num clube da Augusta, e, aproveitei usar peças básicas novidade e confortáveis.
Montei o look tendo como base a camiseta. 
A camiseta, que homenageia o Queen, é da El Cabriton. E foi amor a primeira vista! Mesmo! Entrei na loja e notei que ela já estava me espiando. Quando tirei da arara... *.*
Juntei com uma legging, botas sem salto e fiz um charminho com uma echarpe. (A noite prometia ser quente, mas vai saber, né? friorenta!)
E já que era "dia de Rock, bebê", para não deixar de usar o meme, pesei um ~pouquinho~ no batom (que chegou em casa praticamente intacto!) e fui assim:


Não lembrei de tirar a bolsinha em uma foto! =(


A surpresa quando cheguei com a camiseta em casa: Um depoimento/lembrança de alguém (Pedro Gutierres) que curte Queen! =)



Para terminar uma amostrinha do quanto essa vida é glamourosa: começa sendo Namorada & ~Groupie~ e termina dando uma de ~Roadie~... But, I love it! =P


E, vocês? Curtem sair com look mais "light"? Ou só montadas no saltão mesmo?
Ah, e notaram a ~pequena~ mudança na faixada do Sereias? O que acharam?


Beijim,

sábado, 8 de setembro de 2012

Update: Tentando aquele olhar... Miau!

Sorry se vocês estão cansados de ver posts entitulados "update", mas, quando eu dou uma opinião sobre algo aqui e ela muda ou o produto muda, sinto-me na obrigação de atualizá-los...
Ok? Espero que sim! Então, vamos aos fatos:

Lembram deste post aqui? Nele, eu falo do Delineador em Pasta - Contém 1g, de como ele me encantou nas primeiras vezes que usei e a decepção que foi tentar delinear com ele cerca de um mês depois. 

Agora, imaginem minha cara de pastel, ontem, quando, no meio da make, abro o pote e dou de cara com isso:


O delineador virou pedra! Pe-dra! Ódio define. (As fotos não estão boas, mas, faltou habilidade para fotografar preto sobre preto. =P)
Sim, eu tomei todas as precauções: abria somente para pegar o produto e fechava rapidinho ou deixava virado-de-ponta-cabeça-mesmo na mesa; quando terminava o uso, quase lacrava o bichinho; e, até guardar de cabeça para baixo, eu guardava (reza a lenda que a parte de cima endurece enquanto o restante permanece ~usável~), mas, neam? Não adiantou muito... 
Pelo que eu pesquisei, essa é uma ~tendência~ dos cosméticos em gel/pasta. =~
Mesmo assim, o primeiro post, em julho, escrevi um mês depois da compra, logo, comprei em junho e agora, em setembro, (isso mesmo, 3 MESES depois) o produto já era! Ainda bem que a validade era até fevereiro de 2015! UFA! ¬¬
Já tentei algumas técnicas de ressuscitação, como: umedecer o pincel, misturar o conteúdo do pote,   retirar a camada de cima e fazer muita sujeira para verificar se não foi ~só~ uma crosta que secou (não, não foi!). 
Claro que não cheguei a apelar para receitas caseiras que encontrei por aí (diluir em azeite, hidratante, óleo para bebê...), porque o receio de criar um fungo/bactéria no recipiente e isso passar para o olho... (mexicanismo prévio). Aliás, cuidado com essas receitas doidinhas e sempre observem a data de validade dos produtos! Melhor chorar 42 dilmas no cantinho que ter que correr atrás de oftalmo e dermato, por loucuras de internet!
Alguém ainda recomendou por o vidrinho em banho maria, mas, já avisou que não funciona para todas as marcas/cores e que é possível que tenha que fazer mais de uma vez. Estou ponderando se vale o empenho e a possibilidade do aquecimento (assim como as receitas caseiras), mesmo que indireto,  alterar a composição e criar um "novo componente" na fórmula... 

E vocês? Alguém já comprou o Delineador em Pasta da Contém 1g? Teve esse mesmo ~probleminha~? Conseguiu solucionar (de forma segura!) sem mandar para o lixo?

Beijim, 

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Teatro: Na Colônia Penal - Franz Kafka

Você já leu um "Kafka"? E, supondo que a resposta tenha sido "sim", gostou?

Franz Kafka foi uma das figuras mais perturbadoras da literatura, um escritor do século XX. A maioria de seus textos, encontrados incompletos, foram publicados postumamente, mas, ainda sim, estão entre os mais influentes da literatura ocidental.
A vida do autor contribuiu para que sua obra assumisse os contornos sombrios, que, segundo consta,  não passam de projeções do próprio, seus medos, angústias e solidão. 
Lembram do filme "A Mosca"? Antigo, eu sei. Este filme foi adaptado da novela kafkaniana "A Metamorfose". 
Na faculdade, um dos muitos fichamentos que fiz foi sobre "O Processo". Porém, eu já conhecia as personagens de Kafka de outros carnavais.
Personagens que, muitas vezes, não sabem o objetivo de suas vidas ou que rumo tomar, acabam sós e questionando a sua existência diante de um acontecimento que não planejaram e que se volta contra eles. Mexicana, eu? Não, não, é assim mesmo que as coisas acontecem.
Conheço-as de outros carnavais, pois, um amigo, em um desses verões em que ninguém tinha que trabalhar, apresentou-nos, e, aquelas férias foram, em grande parte, dedicadas a desvendar os ~mistérios~ de Franz Kafka.

Estava a tempos sem ouvir uma palavra de Franz a íntima, até que, semana passada, ele reapareceu na minha vida, através da estréia da peça "Na Colônia Penal". 
Amei o reencontro! Sou muito suspeita porque, para mim, foi uma combinação deliciosa: Kafka + teatro. 
Elenco talentoso e corajoso! *.* Assisti as palavras de Kafka fielmente representadas. Senti a agonia, a expectativa, a raiva, o orgulho, o ódio, enfim, pude ver cada personagem lida há tempos. Ao vivo. A cores. Na minha frente. 

Em "Na Colônia Penal" presenciamos a tragédia em forma de prosa. 
Um Oficial Estrangeiro está em visita a Colônia para conhecer melhor os métodos e procedimentos de julgamento e do aparelho que irá infringir a pena ao condenado. É uma história absurda que critica os sistemas de aplicação das penas e os estados despóticos. E... mais? Ahhh, isso só assistindo ou lendo o livro!

Usurpadas do insta do @welingtonl!!

Se você gosta de Kafka, está mais do que recomendado! =)
E vocês? Curtem Kafka? Gostam de dar uma "escapadinha" para o teatro? Com que frequência?



Beijim, 


Mais informações: A peça vai até 02/10/2012, terças e quintas às 21h, no Teatro do Ator (Praça Franklin Roosevelt, 172- Consolação/SP) - Censura 14 anos!

sábado, 1 de setembro de 2012

Update: Do you like ~Ebayzão~?

Hey! Lembram desse post aqui?

Recapitulando: Depois de uma compra pela internet, nada agradável, mas, que, felizmente, terminou com a entrega do produto, apesar de terem se passado mais de 4 meses (!) após a compra, resolvi tentar novamente. Pelo E-Bay.
Como já falei, arrisquei um case para celular, que custou 7 doletas e não teve frete! =0 But, uhul!

Então, ontem, o porteiro me entregou um envelope made in Brooklyn - NY!!!
Sim! CHEGOU! Apenas DOZE dias após a compra! E, pasmem, pela entrega simples! Dá para acreditar?! Loteria? Sorte de principiante?

A-do-rei! Já estou pensando em novas comprinhas! 

PS: Se tiverem vendedores de confiança, me passem!!! Ah, e usem Paypal! =P

And... a fotinho da encomenda:

Fotinho usurpada do insta do @billycomodoro! (Ah, aproveito a deixa para falar o meu: @kmioliveira. Se joga!)

Gostaram? Namorado adorou!


Beijim,